Chico

Entrevista concedida em 28/02/2013

Voltar

 
Por Anderson Brito
@AndersonBrito9

Levando adiante o projeto de divulgação das categorias de base do Palmeiras, o PTD conversou com o jovem atacante Chico, um dos destaques do time na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Atualmente, Chico está no Palmeiras B. A revelação alviverde, que completou 20 anos em janeiro, fala um pouco sobre sua trajetória até chegar ao Verdão. Confira o bate papo:

Fale um pouco sobre seu início no futebol, onde começou, com quantos anos?

Meu pai foi jogador profissional, e logo quando parou, ele abriu uma escolinha de futebol em Bauru. Eu era pequeno e sempre ia para lá ficar chutando a bola sempre com os mais velhos. Quando completei cinco anos comecei a treinar com a turma de escolinha.

Quais são suas características de jogo? Como prefere atuar?

Sou um jogador de velocidade, mas acho que tenho uma boa técnica e visão de jogo. Procuro sempre jogar com muita vontade e determinação, isso tem me ajudado a realizar boas partidas.

Quem são seus ídolos no futebol e na vida?

No futebol admiro muito o Messi, não só pelo futebol, mas pela conduta de uma forma geral. Outro jogador que gosto é o Suarez, do Liverpool, acho meu estilo de jogo um pouco parecido com o dele. Na vida meus ídolos são meus pais, meus exemplos de vida, de superação e de perseverança. São eles que me dão forças para seguir em frente em busca do sonho de jogar futebol.

Imaginava um dia chegar a um clube grande como o Palmeiras?

Imaginava,
quando coloquei na cabeça que seria jogador profissional, sempre pensei em jogar por um time grande. Graças a Deus estou no Palmeiras, que é um dos maiores do Brasil e do mundo.

Você fez uma excelente Copa São Paulo pelo Desportivo Brasil em 2012 e acabou vindo para o Palmeiras no mesmo ano. Como foi quando soube do interesse do clube em você?

Fui bem no Desportivo Brasil, clube que tenho carinho e sou muito grato pela oportunidade que recebi. Graças a isso, pude chamar a atenção do Palmeiras, fiquei empolgado com a possibilidade de jogar aqui.

Você tinha propostas de outros clubes?  Por que preferiu o Palmeiras?

Realmente tive várias propostas, até de fora do país. O engraçado é que eu estava quase certo com outro clube grande, de repente apareceu o interesse do Palmeiras, tive uma reunião e não pensei duas vezes em escolher o Palmeiras, clube que eu sempre quis defender.

Como você encarou a inesperada queda do clube para a Série B do Campeonato Brasileiro?

Fiquei muito triste, um clube da grandeza do Palmeiras merece sempre estar na primeira divisão, mas é um fato que não diminui essa grandeza. Tenho certeza que daremos a volta por cima, espero poder contribuir para isso.

Está satisfeito com a estrutura do clube?

Estou satisfeito com a estrutura e feliz por trabalhar com profissionais de muita qualidade e competência.

Como você encara a distância e a saudade da família?

A saudade é enorme, mas a vontade de vencer na vida é maior ainda. Saí de casa com 16 anos, foi muito difícil para todo mundo. Sempre tive consciência das dificuldades que enfrentaria, hoje eles estão felizes por me verem no Palmeiras e sempre me dão muita força, mesmo à distância.

Você mais uma vez fez uma boa Copinha, como foi disputar essa competição pelo Palmeiras?

Fizemos uma boa campanha, ficamos muito tristes por não termos conseguido dar esse título ao Palmeiras.  Por outro lado, ficamos felizes por fazer uma boa campanha e por ter tido um grande apoio da torcida. Jamais esquecerei esses momentos.

Esperava ser promovido ao grupo principal na sequência?

Sempre trabalhei com esse objetivo, desde quando cheguei dei o meu melhor visando chegar lá, mas continuo trabalhando e confiando em Deus. O importante é estar preparado para quando essa hora chegar.

Atualmente você vem jogando pelo Palmeiras B, se incomoda com isso?

Não me sinto incomodado, porque Palmeiras é Palmeiras, não importa se é time A, B ou C. Sempre farei o melhor que eu puder.

Mande um recado para a torcida Palmeirense.

O recado que dou é que todos continuem apoiando o time, nossa torcida é maravilhosa e juntos podemos ser ainda mais fortes. Tenho certeza que dessa forma, o Palmeiras voltará ao lugar de onde nunca deveria ter saído. Agradeço a todos que me apoiam e interagem comigo pelas redes sociais. Quem ainda não segue, meu twitter é @93chico. Muito obrigado.

Ficha técnica:


Nome: Francisco Clavero (Chico)
Data de Nascimento: 29/01/1993
Altura: 1.69
Peso: 73 kg
Destro

Foto: Cesar Greco – Divulgação Palmeiras
 
acesso rápido
 
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!