Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 10/08/2017 - 00:54h.
Cuca lamenta eliminação e explica Egídio no pênalti decisivo
Visivelmente abatido, o técnico Cuca tentou explicar a eliminação precoce do Palmeiras na Libertadores durante a entrevista coletiva que concedeu após a partida contra o Barcelona-EQU, realizada no Allianz Parque.

"Jogamos no limite. Poderia ter uma qualidade um pouco maior se não tiver uma ansiedade tão grande como foi no primeiro tempo. No segundo tempo jogamos mais. A gente poderia ter se classificado. A bola que pegou na trave, o detalhe do impedimento... Não foi o suficiente. Não posso reclamar de nenhum jogador pelo que vi fazerem durante a partida" disse o treinador.

Cuca também falou sobre o fato de ter utilizado alguns jogadores que não estavam 100% fisicamente, como Guerra e Moisés: "O ideal era nem estar relacionado, mas a gente trouxe por necessidade. Moisés também. O Dudu na meia foi o motorzinho do time. Não podemos reclamar de forma alguma que não jogou por causa disso ou daquilo. O Moisés, com a qualidade que tem, quando entrou jogamos muito melhor".

Por fim, o técnico explicou o porquê de Egídio ter sido o encarregado de cobrar a penalidade derradeira: "Tinham jogadores que não estavam com confiança para bater, não cabe aqui falar quem. Isso acontece, você tem que respeitar. Dentro disso o Egídio foi o sexto a bater. Outro poderia ter perdido, assim como o Bruno perdeu. Ele não é o único culpado, todos nós somos" encerrou.
 
CONFIRA TAMBÉM NO PTD:
-
- Página do Brasileirão
- Números do Verdão na temporada
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!