Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 17/02/2019 - 18:52h.
Preguiçoso, Palmeiras empata sem gols com a Ferroviária em Araraquara
Time de Felipão joga mal e soma apenas 1 ponto como visitante. Felipe Pires torceu o tornozelo e Goulart estreou.

Mesmo sem empolgar muito o bom público presente à Arena Fonte Luminosa, o jogo começou movimentado, com Palmeiras e Ferroviária buscando o gol. Aos 4 minutos Lucas Lima deu bom passe para Borja chutar forte, cruzado, mas Tadeu estava atento e fez a defesa. Aos 8 Dudu cobrou falta na cabeça de Gustavo Gómez, que resvalou à esquerda do goleiro.

A equipe mandante respondeu aos 12 minutos numa cobrança de escanteio: Julinho ganhou de Luan pelo alto e mandou para o meio da área; a bola sobrou para Lúcio Flávio, que simulou um pênalti na tentativa de passar por Borja, que estava ajudando na marcação. Aos 14 o Verdão voltou a levar perigo numa jogada de bola parada, desta vez executada por Lucas Lima; Luan foi no terceiro andar e escorou nas mãos de Tadeu.

Após os 15 minutos iniciais, no entanto, a partida ficou fria, com Palmeiras e Ferroviária encontrando dificuldades para criarem jogadas ofensivas. Esse panorama só foi mudar a partir dos 38 minutos, quando a bola sobrou para Uchôa de muito longe testar Jailson, que fez linda defesa. Na cobrança de escanteio Rayan ganhou de Gómez e escorou por cima do travessão.

A melhor chance de gol do primeiro tempo aconteceria aos 40 minutos após bobeada da defesa da Ferroviária; Dudu desarmou Rayan e cruzou na cabeça de Carlos Eduardo - o atacante, que já vinha muito mal no jogo, perdeu gol feito, para irritação geral da torcida alviverde.

O péssimo primeiro tempo custou a Carlos Eduardo a vaga no time. Na etapa final Felipe Pires voltou em seu lugar, mas o atacante teve azar, pois logo aos 6 minutos torceu o tornozelo direito numa dividida e não conseguiu continuar no jogo. Felipão, então, promoveu a estreia de Ricardo Goulart.

Enquanto o Verdão ajeitava sua nova configuração ofensiva, aos 12 minutos a Ferroviária criou uma boa chance para abrir o placar: Felipe Ferreira driblou Felipe Melo e soltou a bomba da entrada da área, exigindo boa defesa de Jailson, a segunda na partida.

Aos 14 minutos Dudu deu bom passe para Borja, que errou feio na finalização. Aos 17 Bruno Henrique enfiou para Goulart, que com um tapa deixou Borja na cara do goleiro; o colombiano dominou e chutou fraco, facilitando a vida de Tadeu. O melhor seria finalizar de primeira.

Para tentar deixar a equipe mais ofensiva, aos 22 minutos Felipão trocou Bruno Henrique por Moisés, queimando a última alteração. Aos 27 Dudu passou para Luan - em impedimento que a arbitragem não assinalou - bater forte, para fora. Aos 34 minutos a bola sobrou para Moisés arriscar de primeira, de canhota, por cima do travessão.

Nos últimos 10 minutos a Ferroviária demonstrou estar satisfeita com o resultado, enquanto que o Palmeiras não teve competência para buscar o gol que valeria a vitória. O empate leva o time de Scolari a 14 pontos, mantendo por mais uma rodada a liderança isolada do Grupo B.

O próximo compromisso do Verdão é contra o Santos. O clássico está marcado para 19h de sábado (23/02), no Allianz Parque.

Notícias relacionadas:

- Notas de Ferroviária 0 x 0 Palmeiras
- Ficha técnica de Ferroviária 0 x 0 Palmeiras
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!