Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 27/02/2019 - 23:22h.
Goulart marca 2, dá passe para gol de Borja e Verdão vence o Ituano por 3 a 2 no Allianz Parque
Camisa 11 estreia como titular em grande estilo, Palmeiras volta a vencer no estadual e mantém liderança isolada do Grupo B.

Estreando como titular, o meia-atacante Ricardo Goulart ditou desde o começo da partida o ritmo do Verdão. Aos 4 minutos ele cruzou para Borja, que não alcançou por pouco. Aos 10 minutos um susto: Carlos Eduardo falhou na marcação, Serrato foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Ramon, que escorou à direita de Weverton.

Para não deixar o Ituano crescer o Palmeiras respondeu prontamente: aos 11 minutos Carlos Eduardo se redimiu do erro na jogada anterior e ajeitou para Bruno Henrique bater colocado e parar em ótima defesa de Pegorari (revelado pelo Verdão). Na cobrança de escanteio executada por Dudu, Dracena resvalou, Borja escorou, o goleiro defendeu e no rebote Goulart conferiu: 1 a 0.

Mesmo perdendo o jogo, a equipe de Itu não se abalou. Aos 19 minutos Ramon ganhou pelo alto da defesa alviverde e escorou por cima do travessão uma cobrança de escanteio. Novamente o Palmeiras não deixou o adversário se animar. Aos 22 minutos Mayke fez boa jogada pelo lado direito do ataque e cruzou na cabeça de Goulart: 2 a 0.

O segundo gol do Verdão deixou a partida ainda mais aberta. Aos 25 minutos Ramon bateu cruzado, para fora. Aos 30 Felipe Melo perdeu a bola no meio-campo e Correa (aquele!) experimentou de longe, para fora. Aos 33 minutos Goulart enfiou para Carlos Eduardo chutar prensado, nas mãos do goleiro.

Antes da etapa inicial terminar cada time teve mais uma oportunidade, o Ituano novamente com Correa, aos 34 minutos numa cobrança de falta que Weverton segurou, e o Palmeiras com Borja, após receber bom passe de Dudu; a finalização do camisa 9 balançou a rede pelo lado de fora.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo acelerado. Aos 2 minutos Dudu arrancou pela esquerda e na sua jogada característica fintou seu marcador e bateu buscando o ângulo; Pegorari evitou o golaço com a ponta dos dedos. Aos 5 minutos o Ituano teve um escanteio e Ramon escorou para fora. Aos 7, a bola sobrou para Borja dentro da área e o atacante mandou por cima do travessão.

Aos 9 minutos o Ituano descontou com um gol irregular: após arremate de Correa de fora da área, a bola resvalou em Goulart, Ramon tocou nela e Serrato - impedido - empurrou para o fundo da rede: 2 a 1. Mal deu tempo para a torcida reclamar da arbitragem. Aos 11 minutos Dudu cobrou falta, Ramon tentou tirar e mandou contra o próprio travessão. Depois da cobrança de escanteio, Bruno Henrique levantou para Goulart ajeitar de ombro para Borja; esse não dava para perder: 3 a 1.

Ainda durante a comemoração do gol, Felipão promoveu a primeira alteração sacando justamente Borja. Thiago Santos entrou em seu lugar. Aos 18 minutos quase saiu o quarto: Bruno Henrique arriscou de fora da área e viu a bola tirar tinta da trave direita do goleiro. Aos 25 Scolari mudou de novo, trocando os pontas (Carlos Eduardo por Felipe Pires).

Valente, o Ituano não desistia do jogo. Aos 26 minutos, depois de cobrança de falta, Ricardo Silva surgiu livre na cara de Weverton mas escorou por cima. Aos 29 outro vacilo da defesa, e desta vez fatal: Correa percebeu buraco deixado por Diogo Barbosa dentro da área e passou para Morato; o atacante teve tranquilidade para dar uma cavadinha e correr para o abraço: 3 a 2.

Para tentar minimizar um pouco a primeira alteração que fez, quando recuou demais o time, aos 33 minutos Felipão trocou Bruno Henrique por Lucas Lima. A partir da entrada do camisa 20 o Palmeiras voltou a ter um pouco mais a posse de bola, mas sem mostrar muita vontade para buscar o quarto gol.

Os minutos finais, mesmo com os dois times mostrando cansaço, foram animados. Aos 44 Morato fez uma pequena fila e tocou para Serrato, mas Mayke chegou antes. Aos 45 Dudu recebeu de Goulart e ao invés de partir para a definição tentou ganhar tempo prendendo a bola dentro da área, até ser desarmado. Para alívio dos 20 mil torcedores presentes ao Allianz Parque, na sequência o árbitro encerrou a partida.

O resultado encerra a série de 2 jogos sem vitória e sem fazer gols do o time de Scolari, que mantém a liderança isolada do Grupo B do estadual, agora com 18 pontos.

Agora o foco é na Libertadores. A estreia do Verdão será na próxima quarta-feira (06/03), às 21h30, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia.

Notícias relacionadas:

- Notas de Palmeiras 3 x 2 Ituano
- Ficha técnica de Palmeiras 3 x 2 Ituano

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!