Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 18/05/2019 - 20:52h.
Verdão põe o Santos na roda, vence por 4 a 0 e segue na liderança do Brasileirão
Gómez, Deyverson, Raphael Veiga e Hyoran fizeram os gols do atropelamento alviverde no Pacaembu. E poderia ter sido mais...

Repetindo a formação que derrotou o Atlético-MG no último final de semana, o Verdão iniciou o clássico tomando a iniciativa. Logo aos 3 minutos Bruno Henrique chegou dividindo com um zagueiro e chutou sem direção. A resposta do Santos, no entanto, foi imediata: no contra-ataque Diego Pituca experimentou de fora da área e viu a bola sair por cima do travessão.

Aos 5 minutos Dudu cobrou falta na cabeça de Gustavo Gómez, que escorou no canto esquerdo de Vanderlei: 1 a 0. O paraguaio parecia impedido, mas o VAR mostrou que não e validou o gol. Os visitantes tentaram não se abater: aos 9 minutos Carlos Sánchez arriscou de média distância, nas mãos de Weverton. Aos 10 Marcos Rocha cobrou lateral na área, Deyverson fez a casquinha e Zé Rafael carimbou a trave.

O jogo era aberto. Aos 12 minutos Alisson soltou a bomba de longe, por cima. Aos 15 Soteldo cruzou e Lucas Veríssimo finalizou cruzado, assustando Weverton. Aos 18 minutos Zé Rafael roubou a bola no meio-campo, acionou Dudu, o camisa 7 percebeu a infiltração de Deyverson e tocou por baixo; o centroavante precisou se esticar todo para desviar de bico e tirar de Vanderlei: 2 a 0.

O segundo gol inflamou o Verdão. Aos 21 minutos Dudu cruzou, Zé Rafael ajeitou de calcanhar para Deyverson bater em cima da defesa. Após cobrança curta de escanteio, Dudu chutou fraco, nas mãos do goleiro. Depois dessa jogada os dois times recorreram às faltas para quebrar o ritmo intenso do jogo, que teve apenas mais um lance de perigo antes do intervalo, aos 40 minutos, quando Raphael Veiga cobrou falta e exigiu ótima defesa de Vanderlei.

O Palmeiras voltou para o segundo tempo deixando o Santos com mais posse de bola, mas imprimindo uma forte marcação na intermediária para roubar a bola explorar os contra-ataques. Aos 5 minutos Dudu dominou com estilo e chutou por cima. Aos 6 minutos, após desarme de Bruno Henrique, Raphael Veiga carregou a bola e mesmo vendo a ultrapassagem de Diogo Barbosa, arriscou e deu sorte: a bola desviou em Aguilar e tirou Vanderlei do lance: 3 a 0.

A goleada quase virou passeio pouco depois, aos 9 minutos: Dudu fez fila na defesa santista, invadiu a área mas na hora de bater foi bloqueado; a bola sobraria para Zé Rafael, mas novamente a defesa adversária interceptou. A primeira finalização do Santos na etapa final surgiu aos 10 minutos com Diego Pituca, mas Weverton estava atento.

Melhor em campo, o Verdão perdeu outra boa chance aos 20 minutos, após novo desarme de Zé Rafael. O camisa 8 enfiou para Dudu, que driblou o último marcador e soltou a bomba, fazendo Vanderlei praticar milagre. Aos 22 um susto: Veiga perdeu a bola perto da área, Sánchez chutou forte e Weverton defendeu em dois tempos.

Em busca do primeiro gol, a equipe da baixada teve sua melhor chance aos 26 minutos: Derliz González passou fácil por Diogo Barbosa e cruzou para Soteldo, que chutou forte mas parou em defesa gigantesca de Weverton. Aos 30 outro susto: Carlos Sánchez cobrou falta e acertou a trave.

Imediatamente após as duas investidas do Santos o técnico Luiz Felipe Scolari promoveu a primeira a primeira alteração, trocando Raphael Veiga por Moisés. Quatro minutos depois, aos 35, a segunda mexida: Zé Rafael deu lugar a Hyoran. A primeira participação do camisa 28 no jogo só não foi com gol porque Vanderlei defendeu cara a cara após "assistência" de Weverton.

Se na primeira oportunidade Hyoran perdeu, na segunda ele guardou: aos 42 minutos Dudu avançou com todo campo à disposição e deu o gol de presente para o meia: 4 a 0. Na comemoração Felipão trocou Bruno Henrique por Thiago Santos. E sob gritos de "olé" vindo das arquibancadas do Pacaembu o atropelamento alviverde teve fim.

Com a vitória no clássico o Palmeiras vai a 13 pontos e se mantém na liderança do Brasileirão, deixando o adversário com 10. No domingo o São Paulo recebe o Bahia e pode igualar a pontuação.

Agora o Verdão muda o foco para a Copa do Brasil pois na quarta-feira (22/05), às 19h15, visita o Sampaio Corrêa pelo jogo de ida das oitavas de final.

Notícias relacionadas:

- Notas de Palmeiras 4 x 0 Santos
- Ficha técnica de Palmeiras 4 x 0 Santos

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!