Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 02/06/2019 - 20:56h.
Com gols de Dudu e Marcos Rocha, Verdão vence a Chapecoense por 2 a 1 fora de casa
Palmeiras chega a 19 pontos e mantém a liderança isolada do Brasileirão.

Ainda sem Luan, e com Lucas Lima mantido no time titular, o Palmeiras iniciou o jogo com mais posse de bola, mas sem conseguir passar pela forte marcação imposta pela Chapecoense, que acabou sendo dona da primeira finalização. Aos 9 minutos Rildo cavou uma falta, Arthur Gomes cobrou e o próprio Rildo desviou de cabeça, para fora.

Aos 10 minuto um susto: Zé Rafael cobrou muito mal um escanteio e o time da casa armou um rápido contra-ataque que terminou em gol de Rildo, mas por sorte ele estava com um pé a frente do último defensor (Gómez) e o assistente assinalou impedimento, confirmado pelo VAR.

A anulação do gol fez o Verdão acordar. Aos 14 minutos Dudu arrancou e bateu com força, à esquerda do goleiro. Aos 19 o camisa 7 cobrou escanteio e Felipe Melo escorou para fora. Aos 24 minutos Zé Rafael experimentou da entrada da área e fez Tiepo praticar bela defesa. Aos 26 foi a vez de Lucas Lima testar o goleiro da Chape; Tiepo foi buscar um chute do rosca do meia Palmeirense.

Melhor em campo, o Palmeiras seguiu em busca do gol. Aos 29 minutos Lucas Lima foi à linha de fundo e cruzou para Deyverson chegar dividindo com a marcação e finalizar para fora. A Chapecoense só conseguiu responder aos 30 com Márcio Araújo, que fintou Gómez e bateu nas mãos de Weverton.

De tanto insistir, o time de Felipão enfim conseguiu abrir o placar aos 31 minutos: Zé Rafael fez boa jogada individual, invadiu a área, foi derrubado, mas insistiu na jogada e tocou para Dudul, livre, chutar de canhota na saída do goleiro: 1 a 0. Mal deu tempo para comemorar. Aos 33 Deyverson cometeu pênalti infantil (mão na bola) assinalado com razão pelo VAR; Everaldo cobrou com categoria e decretou o empate, injusto: 1 a 1.

O Verdão não se abalou com o gol da Chape e seguiu melhor. Aos 40 minutos Lucas Lima cobrou escanteio, Gómez ganhou por cima mas escorou nas mãos de Tiepo. Aos 44, após cobrança de lateral na área executada por Dudu, a defesa adversária afastou mal e Marcos Rocha experimentou de primeira, no ângulo esquerdo do goleiro, que nem se mexeu. Golaço: 2 a 1. E com a justiça feita no placar, o jogo foi para o intervalo.

A Chapecoense voltou para o segundo tempo tentando tomar a iniciativa, sem sucesso. Neutralizando o adversário o Verdão seguia dono das principais oportunidades. Aos 4 minutos Zé Rafael acionou Dudu, o atacante pedalou pra cima da marcação e chutou no canto direito, mas o goleiro estava atento e defendeu.

Aos 14 minutos a Chapecoense enfim conseguiu se aproximar da meta de Weverton: Bruno cruzou na cabeça de Everaldo, que escorou fraco, fácil para o camisa 21 Palmeirense. Aos 16 Dudu e Lucas Lima fizeram jogada ensaiada em cobrança de falta que terminou com o atacante finalizando por cima do travessão.

Depois dessa jogada, Palmeiras e Chapecoense passaram a abusar das faltas, e o árbitro distribuiu 3 cartões amarelos, sendo 2 deles para o Verdão (Deyverson e Zé Rafael). O cartão que Zé tomou, aliás, foi o motivo pelo qual ele acabou sendo substituído por Hyoran aos 22 minutos.

Aos 25 Lucas Lima perdeu a bola perto da área e Diego Torres experimentou, mas Weverton estava atento. Aos 29 minutos Camilo arriscou de longe, sem direção. Logo na sequência Felipão mexeu pela segunda vez, trocando Lucas Lima por Moisés.

Enquanto o Verdão se preocupava em reforçar a marcação para tentar dar o bote nos contra-ataques, a Chape se lançou ao ataque. Aos 35 minutos Camilo voltou a tentar a sorte de longe e dessa vez assustou Weverton. Aos 38 Bruno Pacheco levantou na cabeça de Douglas, que escorou por cima. No lance seguinte Diego Torres aproveitou vacilo de Gómez e Marcos Rocha para bater colocado, para fora.

Para fazer o relógio andar, aos 41 minutos Scolari promoveu a última alteração: Dudu por Scarpa. Logo na sua primeira participação na partida, o camisa 14 cruzou para Hyoran bater de primeira, rente à trave.

Nos últimos minutos regulamentares, e nos exagerados 5 de acréscimo, o Palmeiras conseguiu segurar o resultado para confirmar mais uma vitória no Brasileirão; o time vai a 19 pontos e mantém a liderança isolada.

O Verdão volta a campo às 16h30 de sábado (08/06) para enfrentar o Athletico-PR, no Allianz Parque.

Notícias relacionadas:

- Notas de Chapecoense 1 x 2 Palmeiras
- Ficha técnica de Chapecoense 1 x 2 Palmeiras

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!