Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 09/09/2020 - 09:00h.
Dirigente do Junior Barranquilla revela tendência de não comprar Borja
Emprestado ao Junior Barranquilla até dezembro, o atacante Miguel Borja deve voltar ao Palmeiras na próxima temporada. Distante de uma das metas que obrigariam a equipe colombiana a comprar seus direitos econômicos, o centroavante provavelmente será devolvido assim que o contrato acabar.

“Há uma série de variáveis para que a cláusula da compra obrigatória seja exercida, mas elas não foram cumpridas. Caso não haja nenhum acordo, a tendência é que, infelizmente, o Borja deixe o clube e volte a defender o Palmeiras” disse o gerente de futebol do Junior, Héctor Báez, na última segunda-feira à uma emissora de rádio local.

O contrato de empréstimo entre os clubes estipulava a venda de 50% dos direitos econômicos de Borja por 4,3 milhões de dólares caso ele disputasse 73% dos jogos do Junior no ano, ou se marcasse 23 gols; até o momento o atacante disputou 11 jogos (100%) e marcou 5 gols.

Assim como boa parte das equipes de futebol em todo mundo, o Junior sofre as consequências financeiras causadas pela pandemia do novo coronavírus, por isso deve deixar de aproveitar Borja em alguns jogos para que ele também não atinja a meta de jogos, assim não haveria a obrigação de compra.

Pelo Palmeiras, Borja disputou 112 jogos entre 2017 e 2019, marcou 36 gols e conquistou o Brasileirão de 2018. O colombiano tem contrato até fevereiro de 2022.
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!