Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 15/02/2009 - 13:23h.
Altitude de novo no caminho

A exemplo do que aconteceu em Potosí, o Palmeiras terá pela frente de novo a altitude como adversária. Desta vez será em Quito, que fica a 2.800 metros do nível do mar, bem menos que os 4.000 da cidade boliviana, mas o suficiente para causar desconforto nos jogadores.

O preparador físico Antonio Mello comentou que para eliminar qualquer tipo de efeito, o elenco teria de ter chegado na cidade 10 dias antes do jogo, o que é impossível devido ao calendário do futebol brasileiro.

"O ideal seriam dez dias de adaptação. Aqui em Quito vamos nos preparar em seis dias. Mas é um tempo suficiente para reduzir o desconforto causado pela altitude, como o ar rarefeito, e se adaptar à velocidade da bola, que é muito mais rápida" disse Mello.

O profissional ainda comentou que os goleiros sentirão as maiores dificuldades em função da velocidade da bola: "A melhor maneira de se adaptar é o atleta se acostumar aos lançamentos. A bola chega muito rápida e, principalmente, para os goleiros, com chutes de longa distância. Os goleiros precisam de um treinamento específico" concluiu.

Eduardo Luiz
eduardoluiz@palmeirastododia.com

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!