Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 30/10/2019 - 21:22h.
Inspirado, Verdão derrota o São Paulo com facilidade no Allianz Parque: 3 a 0
Bruno Henrique, Felipe Melo e Scarpa fizeram os gols de mais uma vitória sobre o rival na arena. Time de Mano Menezes chega a 60 pontos.

Com os retornos de Marcos Rocha, Gustavo Gómez e Scarpa ao time titular, mas sem Willian, que ficou no banco, o Palmeiras iniciou o jogo tentando tomar a a iniciativa, mas encontrando um São Paulo muito fechado. A primeira investida ao ataque demorou para sair, mas quando saiu foi fatal. Aos 11 minutos Deyverson aproveitou desatenção de Arboleda dentro da área e chutou; Tiago Volpi deu rebote e Bruno Henrique conferiu de cabeça: 1 a 0.

O gol cedo desestabilizou o adversário na mesma proporção que animou o Verdão. Aos 14 minutos Scarpa tabelou com Bruno Henrique mas chutou fraco, nas mãos do goleiro. Aos 15, após outro vacilo do sistema defensivo sãopaulino, Deyverson ficou com a bola na meia-lua, fintou um marcador e teve o chute bloqueado por outro. No lance seguinte Dudu recebeu de Deyverson e bateu de canhota rente à trave esquerda.

Só dava Palmeiras. Aos 22 minutos Marcos Rocha avançou do campo de defesa sem ser incomodado e da intermediária lançou Zé Rafael, que repetiu Deyverson ao tentar uma finta desnecessária antes do chute; o camisa 8 teve a finalização bloqueada. Acuado, o São Paulo só foi responder às investidas alviverdes aos 28 minutos, e não chegou ao empate por pouco. Vitor Bueno aproveitou indecisão entre Bruno Henrique e Goméz para chutar forte, à direita de Weverton.

A chance criada pelo adversário não mudou o panorama do clássico, ou seja, o Verdão seguiu muito melhor. Aos 39 minutos Dudu sofreu falta na entrada da área e Bruno Henrique cobrou com perigo. Aos 40, após Deyverson disputar a bola com os zagueiros, Dudu pegou a sobra e bateu colocado, exigindo ótima defesa de Tiago Volpi. Na cobrança de escanteio, porém, o goleiro nada pôde fazer quando Felipe Melo foi no terceiro andar para escorar assistência de Dudu: 2 a 0.

A vitória só não virou goleada ainda na etapa inicial porque Dudu desperdiçou chance incrível aos 45 minutos; Weverton lançou, Zé Rafael fez o corta luz, o camisa 7 ficou no mano a mano com Arboleda e chutou rasteiro na trave. No rebote, com o gol aberto, ele errou o alvo.

Com um meia no lugar de um volante, o São Paulo voltou mais ofensivo para o segundo tempo. Em 5 minutos o adversário já tinha finalizado 3 vezes, na melhor delas, com Pato, Weverton espalmou um chute quase à queima roupa.

Assim como aconteceu no primeiro tempo, o Verdão demorou um pouco para chegar, mas quando chegou... Aos 11 minutos Weverton lançou Zé Rafael, o meia percebeu a passagem de Scarpa e tocou; cara a cara com Volpi, o camisa 14 só teve o trabalho de escolher o canto: 3 a 0.

Melhor jogador do São Paulo em campo, Vitor Bueno quase descontou aos 13 minutos numa bomba da entrada da área que tirou tinta do travessão. Com a vitória assegurada, o técnico Mano Menezes começou a promover mudanças. Aos 21 ele trocou Marcos Rocha e Felipe Melo por Jean e Thiago Santos, respectivamente.

Aos 24 minutos Igor Gomes arriscou de média distância, mas Weverton estava atento e defendeu em dois tempos. Aos 26 Scarpa cruzou sob medida para Deyverson perder boa chance. Se o gol saísse, porém, seria anulado por impedimento do camisa 16.

O Palmeiras mexeu pela última fez aos 29 minutos. Zé Rafael deu lugar a Willian. Voltando de lesão, o camisa 29 foi participar pela primeira vez do clássico aos 37, e quase marcou o quarto gol: Dudu tocou para ele bater colocado, por baixo, mas Tiago Volpi foi buscar. Aos 41, em outro contra-ataque, Dudu foi fominha ao não tocar para Deyverson, que estava livre de marcação. O chute do camisa 7 acabou saindo fraco, fácil para o goleiro.

Os quase 30 mil Palmeirenses presentes ao Allianz Parque gritavam "olé" quando o São Paulo quase marcou o gol de honra aos 44 minutos: Reinaldo cruzou e Raniel escorou na trave. Depois disso o Palmeiras trocou passes à espera do apito final.

Com o a vitória, além de ampliar a freguesia do São Paulo na arena, o Palmeiras chega a 60 pontos no Brasileirão, abre 8 de vantagem para o terceiro colocado e fica a 7 do líder, mas ambos ainda jogam na rodada.

O Verdão volta a campo às 19h de sábado (02/11) para enfrentar o Ceará, novamente no Allianz Parque.

Notícias relacionadas:

- Notas de Palmeiras 3 x 0 São Paulo
- Ficha técnica de Palmeiras 3 x 0 São Paulo

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!