LUÍS PEREIRA REVIVIDO ( 17/03/2017 )
 


A conquista do espaço se dá pelas mãos do tempo, com lucidez, equilíbrio e passo a passo.

Entretanto, às vezes aparece à nosso frente um "Clube Atlético Juventus".

Século XX, anos 70, o "Juventus" era conhecido como "Moleque Travesso", por pregar peças nos grandes clubes paulistas. Jogava no erro adversário e por uma bola. Sua retranca era o orgulho do bairro da Moóca e de seu treinador, "Milton Buzetto".

Das forças paulistas do século passado, a "Sociedade" era a que menos sofria, mas sangrava tanto ou mais que os outros para vencer.

E não é que o "Juventus" renasceu e resolveu assombrar a nossa vida. Na quarta-feira à noite, eu olhava o banco de reservas boliviano e parece que o fantasma de "Milton Buzetto" sorria para mim.

Necessitávamos exorcizar a bruxaria incorporada pelo "gol sul" e o nome de "Mina" não saia de minha cabeça.

A "Copa Libertadores" não perdoa quem perde pontos em casa. Assim sendo ganhar, mais do que óbvio era prioritário. Alguém voltaria para "Cochabamba" com uma derrota dentro da mala - e não seria a "Sociedade".

Teimosamente, a defesa adversária conjurava as nossas investidas, mas "Mina" capitaneava as ofensivas esmeraldinas, feito o grande "Luís Pereira" da saudosa "Academia".

"Mina" tardou, mas não falhou. Se a bola sobrou, ele não vacilou. A rede do ferrolho boliviano balançou e contagiou mais de trinta e oito mil palestrinos.

O melhor em campo - "Mina" - brilhou, dançou e nos presenteou com três pontos, feito o "Luís Pereira" revivido.

Mais uma vez o "Juventus " não nos impressionou.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!