AQUI SE GANHA COM AS MÃOS LIMPAS ( 20/09/2017 )
 


(Recado a Carlos Cereto)

Ao escrever algo sobre algum assunto, não generalizo. Assino e assumo.

Custa-me deixar de lado o emocional e valorizar o racional, mas o bom senso e a ética devem prevalecer sempre, afinal, o preço pago pela perda da credibilidade é alto.

Ao ler alguns textos de alguns jornalistas, desconfio. Fala o profissional ou o pessoal? Aquele que quer justificar o injustificável ou fazer o nicho a que pertence se sobressair?

Ironia ou cinismo? "O gol irregular de Jô e a revolta nas redes sociais é a prova clara [de] que somos um país de Rodrigos Caios. Como é bom viver no primeiro mundo". (Carlos Cereto)

Não vivo no primeiro mundo, mas no país que tem o início de seus problemas nos gols feitos com as mãos. Fale por si, ilustre jornalista.

Não me intitulo "Rodrigo Caio", embora considere a atitude desse jogador algo elogiável. Porém pauto minha vida sob os auspícios éticos e não me deixo enganar pelas irregularidades.

Prefiro a vitória trabalhosa, o gol chorado e a dúvida quanto ao futuro, mas o sono dos justos sobre o travesseiro merecido. 

Não quero perfumar-me com o aroma nocivo dos contraventores. Escolho a meritocracia.

Enfim, como diria Oscar Fingal Wilde (1854 - 1900): "Um cínico é um homem que sabe o preço [estipulado em] tudo, mas o valor de nada". Não seria a hora de se reinventar?

Enquanto isso, a "Sociedade" chega. Onde? Basta esperar e conferir.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!