A RESPOSTA VEIO RÁPIDA (02/03/2018)
 


Repare a estrada de sua vida. Igual a todas as outras, ela é feita de escolhas. Algumas facultativas e outras obrigatórias. Entre elas moldamos nossa personalidade.

Vida, escolhas, personalidade... seja qual for o assunto a ser abordado, pessoas vem e vão durante essa caminhada. Sensivelmente influentes, algumas são capazes de mudar o nosso destino. Para o bem ou para o mal.

Aparentemente inocentes - por que não? -, "Jaílson" e Dudu" foram vítimas do oportunismo e aqui deixamos uma pergunta: "É necessário lutar a qualquer custo por quinze minutos de fama?"

Aquilo que se parecia com calmaria virou turbulência e pode mudar destinos. Aqueles que chamávamos de heróis, à beira do cadafalso estão. A linha ficou tênue entre o fracasso e o auspício.

Está aberta a temporada de caça às bruxas. Entre o que fomos e o que somos vai uma distância, mas que pode encurtar se não soubermos lidar com as armadilhas.

A única saída é provarmos que não estamos satisfeitos e procurarmos sempre mais. É o sinal de nascença dos verdadeiros guerreiros. Afinal, não há nada que não possa ser reconquistado, seja a torcida, mais um campeonato ou a verdade.

A "Sociedade" não pode - e não deve! - oferecer aos seus nada menos do que o sangue nos olhos e a faca entre os dentes.

A "Sociedade" não pode, mesmo que por brincadeira, abandonar as quatro linhas, enquanto o árbitro não apitar o final do jogo  - estamos entendidos ou ficou algo obscuro?

Seja no "Allianz" ou em "Barranquilla" não podemos fugir de nossas origens. Vencer está em nosso código genético.

Assim sendo e mesmo que de forma pontual, na noite passada lembramos o "Grande Palmeiras" que tanto Zé Roberto falava.

"Jaílson" fechou o gol e Dudu deu demonstrações que podemos contar com ele.

Não é o fim da linha, bem sabemos. Estamos apenas no princípio de tudo.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!