TOLERANTEMENTE CONTINUAMOS (06/08/2018)
 


A estratégia "Scolariana" foi definida. Ela é aquela em que o técnico confia à segurança toda à sorte alviverde. Acertar a defesa e depois o ataque. Tudo a seu tempo.

Tempo, moeda mais que perfeita para um trabalho positivo, não seria melhor para a "Sociedade" mudar a tática - e consequentemente o técnico - durante a "Copa do Mundo"? Afirmativamente, eu te respondo, mas os homens resolveram acreditar no imponderável fator psicológico.

Desde já deixo o meu ponto de vista e ele vem empanado pelo clamor de uma coletividade que pouca se importa com a política nefasta praticada nos bastidores do clube. Mais tempo com a competitividade do time e menos com a luta pelo poder.

Claro que posso exagerar, mas é bem aquilo que percebo: "Muito torcedor concorrente decidindo o futuro do clube no papel de sócio e pouco palestrino lambuzado de macarronada com direito a ser ouvido".

Mesmo assim o "Bigode" vai confiando no "Allianz" e na aura do "em casa tudo será diferente". Só não pode deixar por conta dos pênaltis, não é verdade?

Palmeirenses, eu já comprei o calmante, só para garantir. E vocês?

Tolerantemente confiamos. De uma forma ou de outra.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!