CHOCOLATE NAS ESTRELAS (01/10/2018)
 


Indiscutivelmente, uma das três melhores partidas da "Sociedade" na "Era Scolari". Soube o elenco alviverde conter as linhas inimigas e não oferecer a elas chance alguma.

A "lambuja" ficou por conta do "pênalti Mandrake" assinalado pelo árbitro. Aliás, não nos resta alternativas melhores a não ser o trabalho radical e ostensivo de bastidores para as próximas rodadas. "Galiotte": "Há muito tempo que o futebol deixou de ser romântico".

Só não admite o que falamos acima, o mais fánatico admirador do time adversário. Apesar da boa troca de passes mineira, o desempenho beirou a esterilidade. Foi um verdadeiro chocolate, com requintes de crueldade de "Deyverson".

Mas a "Sociedade" não viveu pura e exclusivamente da psicopatia inexplicável de "Deyverson". O zagueiro paraguaio "Gustavo Gómez" continua crescendo no conceito alviverde. Além do tempo de bola irreprensível, agora a sua personalidade e liderança deixaram traços marcantes. Afinal, ele chamou para si a responsabilidade de bater um pênalti em momento crucial do jogo.

Contudo, eu não posso esquecer os outros atletas que compuseram o sistema defensivo, diferencial nesta nova fase da "Velha Raposa".

"Lucas Lima", por exemplo, foi o artífice do meio de campo. Pensando o jogo de forma inteligente ou prendendo a bola e permitindo que os marcadores oxigenassem são apenas algumas ferramentas que o "Mestre" recuperou neste ótimo articulador.

Entretanto, amigo leitor, a "Sociedade" não é somente aqueles que foram citados ou os outros onze que defenderam bravamente a bandeira alviverde. Elenco é a palavra de ordem corrente.

Alguns chamam de "Família Scolari", pois não. Seja qual for o nome atribuído, a nossa campanha foi edificada tijolo a tijolo; alimentada rodada a rodada, mesmo quando olhávamos a tabela e não vislumbrávamos o futuro.

A liderança não foi por acaso. Aconteceu por méritos.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!