QUEM TEM DEZ, TEM HISTÓRIA (03/12/2018)
 


Foi uma temporada para nunca mais esquecermos.

Depois de um "Campeonato Estadual" perdido nos detalhes, a "Sociedade" recalculou a rota a tempo de levantar mais um troféu.

O "Nacional" foi uma dessas conquistas que foi preciso provar a cada jogo uma competência que aos olhos jornalísticos não portávamos.

Entretanto, do descrédito à confiança crescemos, encorpamo-nos até o momento máximo de receber dos cronistas a importância acima das suspeitas.

Como ignorar o melhor ataque (64) e a melhor defesa (26), quem mais venceu (23) e quem menos perdeu (4) e quem mais partidas permaneceu invicto (23)?

Aliás, com a sequência de vitórias, nós aprendemos a afastar o escárnio dos torcedores concorrentes. Afinal, se não podemos convencê-los da verdade produzida pela História, pelo menos mantemos a maledicência fora do alcance do sangue latino palestrino.

Somos maiores que a soma dos títulos homologados. "Deca" representa apenas a ponta saliente do iceberg.

Definitivamente guarde para sí: "Somente as novas vitórias e conquistas precisam do aprove social. Aquilo que foi registrado pela História, para sempre será. Ouça e filtre. Faça ouvidos moucos aos comentários desajustados de quem flerta com a necessidade de desmerecer".

A jornada de retorno ao topo apenas recomeçou. Agora é hora e vez do "UNODECA".



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!