JAILSON, A TRAVE E O ÚLTIMO CHUTE ( 12/09/2016 )
 


Confesso a vocês que o empate agradou, embora a vitória fosse o nosso objetivo. Todos querem a queda alviverde e cada adversário é muito mais competitivo frente o líder do campeonato. Cada jogo é uma guerra particular.

Dando continuidade às surpresas deste final de temporada, Jaílson sobrou. Foram três defesas ao melhor estilo "um bom time começa por um bom goleiro". A segunda, por exemplo, certamente decretou a permanência na liderança. "Cara a cara" é para poucos, embora chutes à distância demonstraram toda a sua elasticidade.

Mas a "Sociedade" somente se defendeu? Méritos do adversário que intensificou o jogo e exigiu mais que plástica? O voleio de "Dudu", de encontro à trave, além do arremate de Rafael e da defesa miraculosa do goleiro gremista desbancam tal teoria.

Difícil? Claro! Contudo, eu continuo apostando no final feliz. A "Sociedade" não perderá o foco. Acreditem.

O CRF que não espere por um passeio na capital paulista. Vivemos o inferno competitivo de nossas existências e ela responde através das cores "verde, rosso e bianco della nostra famiglia e della nostra storia".



***

Voltaremos na quarta-feira, 14/09/16.

***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.


comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!