SINAIS DE RESPOSTA (28/09/2016)
 


Deixai de lado as críticas tendenciosas, porque elas espelham a infertilidade do crítico contraditório.

Como diria "Hesse", escritor germânico, "... ao anoitecer o homem tende a crucificar aquele para quem levantará um altar ao amanhecer" - principalmente se rubro negro, não é verdade Mauro Cezar?

Mais do que conquistar a liderança, difícil mesmo é manter-se nela. Porém, a "Sociedade" resiste, persiste, insiste e afronta os obstáculos. Pena que a detentora dos direitos televisivos não possibilite aos torcedores alviverdes um número mais efetivo de transmissões. Embora ela afirme que o motivo primordial seja a audiência, bem sabemos que o imbróglio reside na assinatura de um simples contrato. "Business is business".

Contudo, apesar dos bloqueios impostos pelo sistema mercadológico do "eu ganho, você perde", contrário ao "nós ganhamos", teu ataque e defesa, "Grande Palmeiras", não permitem que os seus aficionados esqueçam o hino que canta a tua história. Mais do que gols em jogadas aéreas, a "Sociedade" é pluralidade, triangulações, tabelas, infiltrações e lançamentos. Dúvidas? Basta assistir e estudar cada vitória.

A galera que pula, canta, encanta e faz a diferença não se impressiona com o "diz que me diz".

É cheiro disto, cheiro daquilo... É cheiro do quê mesmo?

Ao final, o cheiro nos remete à "Academia".



***

Voltaremos na sexta-feira, 30/09/16.

***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.


comments powered by Disqus
 ACESSO RÁPIDO
 

 

 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!